MEUS SEGUIDORES

quinta-feira, 31 de maio de 2012

COMO ABRIR UM ATELIÊ, COMO MONTAR UM CATÁLOGO DE PRODUTOS E COMO SER UM ARTESÃO PROFISSIONAL

Atelier com ilha de trabalho e cestas de fibras

COMO ABRIR UM ATELIÊ

Se vc quiser iniciar um negócio e abrir um atelier próprio, e quiser dar aulas de artes decorativas, tem de observar alguns pontos importantes descritos abaixo:

1. Crie um nome.
2. Procure um local com no mínimo 15 metros quadrados.
3. Analise se a região que vc escolheu, tem requisitos necessários para vc ter sucesso; ou seja, veja se há edifícios por perto, se há escolas, observe o comercio local, e tb a movimentação de pessoas e carros na rua escolhida,tudo isso é muito importante para que seu atelier seja ‘notado’.
4. No local deverá haver banheiros, e tb local separado para que vc possa executar a limpeza de seus materiais.
5. Faça uma divulgação na região onde vc abrirá o atelier, através de panfletos, anúncios no jornal do bairro, etc.
6. Crie promoções atrativas, e divulgue-as, como por exemplo, faça sua matricula e ganhe ‘tal coisa’ para iniciar seu curso de artes decorativas.
7. Faça um cartão de visitas bonito de preferência com toque artesanal.
8. Faça uma ficha cadastral de todas as pessoas que solicitarem informações, e tb de todos os alunos claro.
9. Crie para a ‘fachada’ do seu atelier, algo bonito e delicado para chamar atenção. Paredes amarelinhas, com desenhos delicados que podem ser pintados até mesmo por vc, atrairão olhares de admiração pela sua criatividade.
10. Dentro do atelier tenha o mesmo procedimento, cores claras nas paredes, e algum toque muito delicado nas paredes.
11. Pense no material que vc deverá comprar, como por exemplo, mesas, cadeiras, bancos, cavaletes, etc.
12. O local deverá ser arejado, ter boa iluminação e acima de tudo muito limpo e organizado.
13. Decidir se vc tb vai vender em seu atelier todo o material didático, pincéis, tintas, telas; ou se irá indicar um local onde os alunos deverão comprar os produtos. Se for indicar um local, tente negociar com a loja antes, tentando conseguir um desconto para seus alunos que lá forem comprar pela sua indicação.
14. Ter paciência para dar aulas é essencial, seja educada com seus alunos e simpática ao esclarecer duvidas.
15. Ensinar os alunos a pintarem sozinhos e não com ajuda de outros.
16. Ser sincera ao analisar o trabalho do seu aluno, sem ser rude. Acima de tudo diga sempre a verdade quanto a qualidade do trabalho do mesmo.
17. Sugira temas fáceis aos seus alunos principiantes, pois não adianta eles começarem por algo grandioso, isso só servirá para que eles desistam ao ver que não conseguem levar a cabo o trabalho. Por isso comece por motivos pequenos e simples, explique isso aos seus alunos.
18. Principiantes tem tendência a escolher temas horríveis achando que são fáceis de fazer
19. Incentive seus alunos a criarem seus próprios motivos
20. Vc deverá sempre estar se atualizando em cursos externos, workshops, feiras de artesanato, etc.
21. Elaborar antecipadamente as aulas e técnicas que serão ministradas.
22. Faça uma lista com antecedência do material a ser utilizado nas aulas, para evitar surpresas como, por exemplo, não encontrar para comprar qualquer item da lista.
23. Pratique preços de mercado.
24. Diferenciar curso á para amadores ou avançado, e claro definir seu publico alvo.
25. Preço médio 50 reais por média de 3 h semanais.
26. Crie um mural na sala de aula, onde poderá expor as novidades, horários, promoções, incluindo o ‘aviso’ antecipado do dia que deverá ser pago a mensalidade, assim de uma forma sutil vc manterá ordem, relativamente as suas finanças.
27. Em hipótese alguma venda fiado. Para material, se vc os for vender em seu atelier, exija o pagamento a vista.
28. Faça um recibo de mensalidade/regulamento, em duas vias, para evitar estes aborrecimentos.
29. Cumpra rigorosamente a hora para o inicio e principalmente para o término das aulas.
30. Organize periodicamente uma exposição dos trabalhos de seus alunos, nessas ocasiões além de expor os trabalhos dos alunos, crie um dia de convívio, sirva um chá com bolo, ofereça alguma prenda pequenina com o cartão de sua loja aos visitantes.
31. Para terminar... Pensamento positivo, fé, perseverança e força!!
32. Boa Sorte!!
COMO MONTAR UM CATÁLOGO DE PRODUTOS:
Para montar um catálogo, pode ser de diversas formas, veja a que mais se adequar as suas próprias necessidades:
1. Pode ser impresso ou digital, melhor ainda nas duas versões.
2. Para montar o impresso, você terá de fotografar as peças que tem a venda.
Se forem fotos com câmera analógica, as que têm de revelar, pode colar numa folha de sulfite (A4) ou outro papel mais firme, tipo vergê, mais encorpado e mais apresentável também.
3. Se forem fotos digitais, as que não precisa revelar, já monte o catálogo direto no computador.
4. Faça um rascunho com o título, os nomes das peças, para que o cliente possa identificá-las no pedido, se preferir, apenas um código em número, porém nunca comece com o número 1, faz parecer que é mesmo o primeiro trabalho e fica amador demais, catalogue, por exemplo, com iniciais do seu nome.
5. Rascunhe então o título ou o código de cada produto, num caderno ou folhas avulsas. Coloque a descrição da peça (opcional) com medidas ou cores, ou diversos formatos a oferecer.
6. Digite tudo isso no PC, espaçando entre um título ou código e outro, para que cole as fotos.
7. Depois de digitado, confira para ver se não tem erros de português, imprima e cole as fotos.
8. Coloque as folhas em sacos plásticos separadamente e depois numa pasta.
Este catálogo leva consigo toda vez que for visitar um cliente, para não ter de ficar levando diversas peças, porém é interessante que leve pelo menos uma peça, para que conheça o tipo de acabamento que você faz.
9. Não coloque preço diretamente nos tópicos das fotos, faça uma lista, uma tabela de preços separada e a coloque no final da pasta. Isto facilitará a atualização, apenas desta folha, no decorrer dos meses, caso seja necessário alterar preço.
10. No caso de peças vendidas, pode incluir na pasta sem problemas, pois é interessante que o cliente perceba que já vendeu algo. Não monte, portanto, uma pasta apenas com as peças à venda, é legal que o cliente fique com vontade de ter uma peça já vendida, é até natural que ele goste mais da que não pode mais ter... No entanto, nada impede que você venha a pegar encomenda desta peça, não sei como você trabalha, mas se não for o caso, apenas a mantenha para que o cliente possa conhecer uma gama maior de peças que produz.
11. No caso de catálogo digital, que já mencionei, é só gravar o documento em CD, e este, todo formatado em folhas digitalizadas, pois, poderá presentear clientes promissores como lojas, com este catálogo virtual.
12. Não esqueça de colocar no catálogo, suas referências pessoais, como e-mail, fotoblogs, websites se as tiver, senão apenas um telefone de contato para pedidos já é o bastante.
13. Interessante que tenha em mãos sempre, cartões de visita. Se tiver atelier, que conste o endereço, senão, apenas seu nome, sua arte e seu telefone e/ou e-mail para que o cliente a encontre com facilidade.
14. Estes cartões poderão ser artesanais mesmo, escritos à mão, acho até mais charmoso.
15. Quando visitar o cliente, mostre o catálogo da pasta, mas não deixe lá em poder do mesmo, apenas mostre e entregue cartão de visita. Se tiver o CD, entregue, senão, não deixe a pasta, pois é seu catálogo pessoal e intransferível.

COMO SER UM ARTESÃO PROFISSIONAL:
1 – Marca: Crie sua marca, ou um logótipo para por nos seus trabalhos. Vc pode imprimir em papel e colar nos trabalhos, ou fazer em etiquetas auto adesivas, ponha seu celular e seu e-mail, ou site se tiver.


2 – Cadastro de clientes: Cadastre seus clientes, pedindo nome, telefone e e-mail, para que vc possa sempre estar divulgando seus trabalhos, não se esqueça de pedir  a data de aniversario, assim vc poderá oferecer uma gentileza numa data especial.
Sempre que houver novidades em seus trabalhos, vc deve informá-los tb.

3- Fotografe seu trabalho: Fotografe e anotem as peças que fizeram e os preços para venda, no caso de vc querer depois produzir outra igual. Isso tb lhe vai ser útil para fazer seu portifolio de trabalhos, caso alguém queira ver algum trabalho seu feito anteriormente.

4 – Cartãozinho de Apresentação (de Visitas):
Tenha um cartão de visita, isso é essencial para apresentação, isso demonstra seriedade em seu trabalho. Seria ideal se fosse um cartão feito à mão artesanal, bem criativo.

5 – Apresentação do seu produto: Papéis de presente bonitinhos, saquinhos plásticos, ou até mesmo uma embalagem idealizada por vc, cativa o cliente, entregando o seu artesanato numa embalagem fofinha.

6 – Valorize seu trabalho: Lembre-se valorize seu trabalho, e quando alguém pedir desconto, não ceda logo de inicio, porque pode parecer que vc podia ter feito mais barato e estava pedindo muito pelo trabalho.

7 – Encomendas: Somente aceite encomendas se receber metade do dinheiro adiantado. Não faça peças, de forma alguma, antes de receber os 50%, alem disso nunca venda fiado, pois você corre o risco de não receber e acaba tb por perder a amiga e o cliente, porque depois ter de cobrar a pessoa é extremamente desagradável para ela e para você.

8- Aprimore-se: Tente sempre estar aprendendo coisas e técnicas novas de trabalho, leia, atualize-se, há revistas, Internet, enfim muitos meios para vc aprender.

9- Prazo de Execução do seu trabalho: Ao receber uma encomenda, sempre dê um prazo com dois dias a mais do que vc de fato leva para fazer o trabalho, e nunca falhe nisso, porque falhar faz com que vc perca a credibilidade. Organize-se para fazer as coisas com
calma, para o trabalho não sair mal feito.

10 – Organize-se: Organize suas peças de trabalho, não deixe tudo jogado. Coloque suas peças em vidros, caixinhas bonitinhas, deixe tudo limpinho, para que na hora de executar o trabalho, para que tudo saia direitinho. Bagunça acumula energia negativa no ambiente.

11 – Anotações de seus lucros e vendas: Anote em um caderninho suas vendas, a períodos no ano de maior venda, os períodos melhores são natal, dia das mães, dia dos namorados.
Se vc trabalha com lembrancinhas, há outros eventos importantes, como aniversários, nascimentos de bebes, casamentos, chá de cozinha, etc.

12 – Sugestões: Dê ideias de onde e como utilizar a peça confeccionada por vc, dê sugestões criativas.
Se vc faz caixas, sugira a caixinha como porta-jóias, porta-treco, etc.

13 – Como vender seus produtos: - Participe de feiras de artesanato local.
- Ofereça seus trabalhos em lojas.
- Anuncie em jornais de bairro.
- Divulgue pelas comunidades do Facebook
- Divulgue através de e-mails para suas amigas, enviando foto e preços de algumas peças.

14 - Consignação: Em algumas lojas podem pedir para que vc deixe em consignação, eu já não acho isso uma boa idéia, por vários motivos:
- A peça pode se estragar, e quando vc for a loja retira-la estará já em péssimo estado, devido ao manuseio diário de clientes curiosos, o pó, e falta de cuidado.
Vc deixa na loja e ao final de um mês, ninguém compra e vc perdeu tempo, porque enquanto a peça ficou lá parada vc deixou de oferecer a outros clientes potenciais.
Portanto pense antes de deixar em consignação.
A decisão final é sua.

15 - Como calcular o preço que vc deve cobrar:
"Antes de produzir, vc deve verificar:
Quem é seu publico alvo, ou seja vc quer vender pra quem?.
Quais são os seus gastos mensais com a produção.
Qual o tempo dispensado na mão-de-obra.
Normalmente, o certo é se vc gastou R$20,00 tem de vender por R$60,00.
- R$20,00 pelo material gasto
- R$20,00 pela mão de obra
- R$20,00 pelo seu lucro
Mas se ficar muito caro, você pode fazer um pouco mais baratinho, tem de usar o bom senso.
Preço para mais de uma peça, ou pedidos em grande quantidade, observe com cuidado o tempo que vc vai gastar, e material a utilizar, para não se empolgar na hora e fazer um preço muito baixo.

16 - Cautela com os amigos: Por vários motivos:
*Porque pedem descontos.
*Pedem para fazer fiado. Faz fiado perde o freguês e o amigo.
*E por vezes elogiam tanto, e dizem que não tem dinheiro, e por vezes vc acaba presenteando o amigo com a sua peça, por ficar sem jeito, por isso… Amigos..amigos, negócios a parte.

17 – Promessas: Não prometa o que não tem capacidade de fazer e cumprir.

18 – Administrando o seu lucro:
Sempre que vc fizer uma venda, guarde uma parte do dinheiro, aprenda a organizar-se e poupar seu dinheiro.

19 – Educação: Seja simpática, e bem humorada, cara feia e grosserias espantam clientes, afinal todo mundo tem problema, mas nem toda a gente tem de participar dos seus problemas pessoais.

20 – Assuntos proibidos para quem trabalha com vendas:
*Religião: Se vc tem sua crença, não é indicado que comente com todo mundo, porque cada pessoa tem a sua crença, e discutir sobre elas, normalmente a conversa não acaba bem.
*Política: Pelo mesmo motivo da religião.
*Doenças: Limite-se a ouvir quando alguém lhe falar, mas contenha-se ao narrar as suas, não é agradável falar essas coisas, com alguém que esta comprando suas
lindas peças e num momento de descontração total.
*Falar mal de pessoas conhecidas ou não na frente da sua cliente, porque ela vai pensar que na ausência dela, vc tb fala dela.

21- Criatividade: Para se enriquecer de idéias, leia revistas de artesanato, visite livrarias, exposições, feiras, pesquise na Internet, etc.

22-Bom humor e positivismo: Alto astral, positivismo, e pensamentos bons, atraem boas energias, por isso, alegria sempre!

23- Atenção para hábitos:
*Não fume na presença de clientes.
*Cuide de sua higiene pessoal, limpeza nas mãos é essencial, não é porque vc é um(ã) artesão(ã) que pode viver com as unhas sujas e mal cuidadas.
*Não use perfumes fortes que podem impregnar nas peças que vc está a confeccionar.
*Mesmo que vc seja uma pessoa simples, procure estar sempre arrumada, ao receber uma cliente em sua casa para comprar suas peças.

24- Conheça seus clientes: Procure observar seus clientes, o que mais procuram, o que mais gostam, conhecendo-os, vc poderá com o tempo saber que tipo de trabalho ele mais gosta; e quando vc produzir novidades poderá lhes oferecer, aumentando assim
sua chance de vendas futuras.

25 – Peças inacabadas: Quando vc produzir uma peça que vc não goste, ou que não tenha ficado comoplanejou, não a deixe sem acabar. Faça uma forcinha, concentre-se e tente terminar, tudo que fica inacabado gera frustração e energia negativa, portanto, termine sempre.

26– Peças que vc não conseguiu vender: As vezes ocorre de fazermos uma peça que gostamos muito, entretanto não cai no agrado dos nossos clientes, nesses casos não hesite em dar descontos, e fazer um precinho camarada.

ESPERO QUE ESSAS DICAS AJUDEM!

DICAS RETIRADAS DO LINK: http://facavocemesma.blogspot.com

4 comentários:

  1. Muito boas essa dicas amiga.Já salvei no meu computador quem sabe um dia resolvo ser uma profissional?!rs Bjs e obrigada.

    ResponderExcluir
  2. Adorei suas dicas e com certeza irei utilizá-las.
    Valei pelo texto, muito bom mesmo!

    Xeruuuuuuuu

    ResponderExcluir
  3. Adoooooorei, estava precisando umas dicas assim mesmo pois ainda estou engatinhando mesmo já bordando a mais de 25 anos em matéria de ateliê sou devagar tbm sou sozinha pra tudo mais eu aaaaaamo o q faço! Um xero.

    ResponderExcluir
  4. amei suas dicas.....bjs
    já estou te seguindo....rsrs

    ResponderExcluir

Que bom que você veio me visitar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS POPULARES

ARQUIVO DO BLOG